Este é meu sexto blog, nasce hoje, dia 4 de outubro de 2011, em homenagem ao septuagésimo quarto aniversário de minha mãe Teresinha, a quem chamamos de Teresa. Ela cozinha maravilhosamente bem, e embora não faça coisas excepcionais, sempre "senti" em sua comida seu amor por nós. Talvez por isso eu tenha desde cedo tomado gosto pela cozinha (simples! nada sofisticada), e faço até hoje as refeições de minha família.

Então aqui vão as receitas de minha mãe, acrescidas de algumas que também juntei por aí, mas aviso que são todas simples, bem fáceis de fazer, mas que enchem a boca e o coração de delícias e alegrias!

Bon appétit!

domingo, 25 de dezembro de 2011

Bife Wellington



Neste Natal quisemos fazer algo diferente de tudo que já fizemos, e por que não, o bife Wellington?  A receita é do Claude Troigrois e ficou uma marravilha, e ele teria orgulho de nós! É um prato sofisticado, leva mais tempo no preparo mas não é difícil.

Muitas mãos reunidas e mãos à obra! Foi mais fácil do que esperávamos, embora a montagem dê um pouco mais de trabalho; a massa folhada fizemos aqui em casa e a receita está neste blog. Não usei o creme de leite no purê de cogumelos.

PURÊ DE COGUMELOS

250g cogumelos Paris frescos,
água suficiente,
meia cebola pequena picada,
2 dentes de alho picados,
100ml creme de leite fresco,
sal
pimenta-do-reino moída na hora,
azeite.

Corte os cogumelos em pedaços. Bata aos poucos no liquidificador com um pouco de água até formar um creme. Se precisar, acrescente mais água. Em uma panela, coloque um fio de azeite e refogue a cebola e o alho. Misture o purê de cogumelos, tampe a panela e mexa de vez em quando. Deixe reduzir em fogo baixo até que fique bem seco. Junte o creme de leite, aqueça até ferver, desligue o fogo e tempere com sal e pimenta. Deixe descansar na geladeira até ficar firme.

FILÉ MIGNON

1 peça de filé mignon limpo e cortado em formato cilíndrico,
sal,
pimenta-do-reino moída na hora,
temperos frescos (orégano, alecrim, tomilho, etc.),
azeite.

Tempere o filé dos dois lados com os temperos, sal e pimenta a gosto; deixe marinar por meia hora. Coloque azeite em uma panela bem quente e doure o filé dos dois lados, evitando espetá-lo com um garfo ou faca. Depois de pronto, deixe escorrer em um escorregador ou peneira.

MONTAGEM

14 fatias finas de presunto de Parma,
400g massa folhada caseira ou congelada (encontrada nos melhores supermercados),
1 gema.

Em uma superfície lisa, abra uma folha de papel filme. Disponha as fatias de presunto lado a lado sobre a folha de papel filme, sem deixar espaço entre elas. Cubra o presunto com o purê de cogumelos, espalhando bem. Coloque o filé sobre o purê e, com a ajuda da folha de papel filme, enrole o filé, apertando bem o papel filme nas pontas. Guarde na geladeira por aproximadamente 30 minutos.

Espalhe farinha de trigo sobre uma superfície lisa e, com a ajuda de um rolo, abra a massa folhada. Retire o filé da geladeira, desenrole o papel filme e enrole o filé com a massa folhada, fechando as laterais. Pincele com a gema misturada a umas gotas de azeite.

 Leve ao forno em temperatura média pré-aquecido até dourar a massa.

MOLHO
1 cebola roxa picada
3 dentes de alho picados
pimenta branca em grãos
tomilho
louro
alecrim
½ xícara de chá de vinagre balsâmico
1 xícara de chá de vinho do porto tinto
1 xícara de chá de vinho tinto syrah
250g manteiga gelada
sal

Na mesma panela em que foi feito o filé, coloque um fio de azeite e refogue a cebola e o alho. Misture alecrim, tomilho e louro a gosto. Amasse a pimenta com uma faca e junte ao refogado. Junte o vinagre balsâmico, o vinho do porto e deixe reduzir até quase secar. Acrescente o vinho tinto e deixe reduzir até ¾ do total. Bata o molho no liquidificador com a manteiga e tempere com sal.

FINALIZAÇÃO

Reaqueça o molho. Retire o Bife Wellington do forno, corte em fatias e disponha em pratos. Coloque o molho por cima. Se quiser, decore com ervas frescas e sirva com batatas gratinadas. E parabéns, depois deste desafio você está pronto(a) para fazer o que mais quiser na cozinha!

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Torta de amêndoas


Prepare esta torta especial e fácil de fazer para ocasiões especiais!
Para a massa:

Abra em um forma redonda média, do tipo que solta o fundo, a massa folhada (você pode comprar pronta ou fazer conforme a receita de "massa folhada").
Para o recheio:

300 gr. de açucar,
5 ovos,
bata na batedeira durante 15 minutos, ela vai crescer e ficar espumante,
acrescente 300 gr. de amêndoas processadas.

Recheie a massa e coloque para assar em forno médio, depois de pronta polvilhe com canela e açucar de confeiteiro. Bom apetite!

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Bolo de Maçã


A pedidos, o bolo de maçã!


100 g de margarina,
1 xícara de açúcar refinado ou mascavo,
3 ovos,

1 xícara de aveia em flocos finos,
1 e ½ xícara de farinha de trigo,
1/2 xícara de cachaça,
1 colher de chá de canela em pó,
raspas de limão,
1 colher de sopa de fermento em pó,
3 maçãs médias cortadas em cubinhos (sem casca),
1/2 xícara de uvas passas.

Bata a margarina, o açucar e os ovos na batedeira, acrescente a farinha, a aveia e o fermento e bata levemente. Misture os demais ingredientes.
Asse em temperatura média, em forma de furo no meio, untada e polvilhada com farinha, polvilhe a massa ainda crua com a mistura de 3 coheres de sopa de açúcar refinado com 1 colher de chá de canela em pó.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Bacalhau com natas


Esta receita é boa demais! Para comer e pedir bis muitas vezes!

1 e 1/2 kg. de bacalhau do Porto, já dessalgado e cozido, reserve 1 xícara da água do cozimento,
1 kg. de batatas,
3 cebolas médias,
3 dentes de alho,
1/2 xícara de azeite,
1 pote de creme de leite fresco,
leite de vaca,
3 colheres de sopa de farinha de trigo,
1/2 xícara de queijo parmezon ralado na hora,
noz moscada,
pimenta do reino.

Para preparar o bacalhau:

Tire a pele e a espinha central do bacalhau, lave e ponha de molho numa bacia com água durante 2 dias, trocando a água de vez em quando. Depois afervente, escorra e guarde parte da água do cozimento. Com as mãos quebre o bacalhau em placas e reserve.

Para o creme:

Corte 1 das cebolas miudinho, junte aos alhos socados e frite com 3 colheres de azeite numa panela grande. Quando dourados acrescente as 3 colheres de sopa de farinha de trigo, mexa e junte o creme de leite e a xícara de água do cozimento do bacalhau. Mexa até começar a engrossar e se necessário junte leite até ficar um creme de textura média. Acrescente 1 colher de chá de noz moscada e pimenta do reino moídas. Prove o sal e acrescente mais se necessário.

Para montar o prato:

Cozinhe as batatas descascadas em fatias grossas de 1 dedo de espessura. Frite-as até dourarem dos dois lados em uma frigideira com teflon, com 3 colheres de azeite. Forre um pirex grande com elas.

Corte as 2 cebolas restantes em meias luas e as frite com o azeite restante na frigideira com tefon, até dourarem. Espalhe as cebolas fritas sobre as batatas. Então faça uma camada com as lascas de bacalhau. Cubra tudo com o creme branco e espalhe por cima o queijo parmezon. Leve ao forno quente até começar a dourar o queijo, então sirva e prepare-se para os elogios que não irão faltar!

Este prato fica muito bem acompanhado com o arroz de brócolis.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...